Andei assistindo: Sherlock: 1x02 - The blind banker


Este segundo episódio é excelente, com um pouco mais de ação, mas me decepcionou um pouco em relação ao piloto. Nem por isso a série perdeu a qualidade. Cumberbatch continua interpretando seu personagem brilhantemente, e dessa vez fiquei feliz por ver Watson trabalhar de fato no caso da semana.



O 1º mistério que aparece não é um assassinato, mas sim uma invasão a um escritório em desuso de um banco. O estranho é que invasor não foi para roubar, mas para deixar uma bizarra mensagem. Mensagem que depois se mostrou não ter sido a primeira. Enquanto isso, começam alguns casos de morte em que o culpado aparenta ser capaz de atravessar paredes, já que as vítimas foram encontradas em suas casas totalmente trancadas por dentro, sem sinal algum de arrombamento.

Quem leu o post que escrevi sobre o piloto da minissérie sabe que eu me apaixonei por ela de cara. “The blind banker” também tem uma boa história, com um quebra cabeça que foi sendo montado de um ótimo jeito ao longo do episódio. Porém, o tempo de duração também não foi agradável nesse. Acho que tudo ainda teria sido muito bem melhor encaixado se ele tivesse meia hora a menos.

Eu senti muita falta do irmão de Sherlock e do tal Moriarty. Este chegou, literalmente, no último minuto. Pela informação no episódio anterior e pelo próprio caráter do personagem, achei que ele apareceria muito mais. Como esse seria o penúltimo capítulo da série, foi meio decepcionante mal ver a sombra do vilão principal. Espero que ele venha com tudo na season finale.

Falando agora das qualidades, as atuações dos atores principais continuam impecáveis. A construção de ambos é ótima, sem esgotar a presença de nenhum. E a química entre Cumberbatch e Freeman está realmente muito bem trabalhada. Achei tão legal o Holmes apresentando Watson como seu amigo! Também gosto de vê-los se chamando pelo primeiro nome, não me lembro disso no livro.

A voz desse cara é sinistramente igual á do Alan Rickman.
A trilha sonora também é ótima, mesclando muito bem os momentos de ação, tensão e comédia. Alguns momentos são de fato um tanto clichês – principalmente na cena final em que confrontamos o culpado – mas isso não afetou minha opinião final. Mesmo que não seja tão empolgante quanto o 1º, o episódio é excelente e vale a pena ser visto do mesmo jeito. 

Postagens mais visitadas