Nome de rainha

Quando eu era criança, uma das coisas que eu mais odiava era o meu primeiro nome. Soava velho e feio para mim. Perguntava para minha mãe "Por que você me colocou esse nome horroroso?", e ela começava a contar a história de como o meu padrinho o escolheu para ela; falava como aconteceu num churrasco em Ipanema, onde ela teve que ir de ônibus mas quase não conseguiu entrar no veículo por causa da barriga imensa que eu havia dado à ela.

Mamãe diz que, já na festa, alguém perguntou qual seria o meu nome, e ela respondeu que já tinha procurado todos os lugares do mundo mas não achava nenhum bom o suficiente. O pessoal que estava na mesa começou a dar milhares de sugestões, desde os brasileiros mais simples aos estrangeiros que mal eram pronunciáveis, até que o meu padrinho calou a boca de todo mundo. "Nomes horríveis, todos estes! A menina deveria se chamar Elizabeth, um nome de rainha". Ele falou tão bonito que minha mãe achou que nem o melhor nome do mundo ficaria tão bom em mim como este.

 A mais famosa..

Bom, hoje eu realmente o amo. Quantas pessoas realmente amam o seu nome? Agora ele soa exótico e lindo, principalmente se pronunciado "em inglês"; eu até acho que fica legal quando combinado com o meu segundo nome. Antes, eu achava que os dois juntos formava um ridículo, mas sentia simpatia pelo segundo justamente por ser tão simples e comum. Quando possível, me apresentava como Bruna, por pura vergonha do primeiro. Pensava que todos iriam rir de mim, achá-lo tão feio como eu achava.

Como eu era idiota...hoje eu digo "Sou Elizabeth" alto e com orgulho! Tá, brincadeira, falo normalmente mesmo. Sem vergonha nenhuma - vergonha do quê, afinal? E praticamente todos os que perguntam meu nome param o que estão fazendo para elogiar. Pelo jeito é bem raro se chamar assim por aqui. Ontem mesmo, uma menina arregalou os olhos e falou "Nossa, que legal!", e outra disse que achava lindo e que gostaria de ter esse nome; e eu não consigo me ver sendo chamada por outro de jeito nenhum. Tenho vários apelidos, alguns eu crio, alguns os outros inventam. Ainda falo que sou Bruna às vezes, quando estou com muita pressa ou quando os outros não tem tempo de perguntar "Qual é o seu nome mesmo?". Mas Elizabeth (Bruna) é inteiramente parte de mim.

Postagens mais visitadas