"Alone on the water", a fanfiction que me fez chorar

Por todas as coisas que eu já escrevi neste blog, fica óbvio o fato de que eu amo histórias de ficção. Sejam elas em forma de livro, seriado ou filme, estou sempre disposta a acompanhar as jornadas dos personagens e viver seus dilemas e acertos. Eu me emociono fácil, mas isso não quer dizer que eu chore sempre, muito pelo contrário. Para me fazer derramar lágrimas é preciso ser muito bom, ou simplesmente me envolver do melhor jeito possível com a história e os personagens. Dá para contar nos dedos de uma mão a quantidade de vezes que eu cheguei nesse ponto; a última foi por causa de, claro, "The Reichenbach fall".

Enfim, falei isso tudo porque foi a primeira vez que eu chorei de verdade por causa de uma fanfiction. A responsável foi "Alone on the water", baseada em "Sherlock". Eu já tinha ouvido falar sobre ela incontáveis vezes por praticamente todos os fãs da série, mas acabei adiando a leitura. E adiava, adiava, adiava, mesmo curiosa em relação ao fato de que praticamente todo mundo tinha secado suas lágrimas com essa história. E quando eu finalmente li...fiquei um tempinho soluçando depois. É muito, muito mais triste do que a season finale da segunda temporada, com certeza.

Não vou falar sinopse nem nada, é melhor ver como tudo se desenrola na hora mesmo. Descobre-se o final praticamente no primeiro parágrafo, mas nem por isso ele deixa de emocionar. Todo o desenvolvimento é estupidamente bem feito, com uma escrita maravilhosa. Porém muito pesada. Vez ou outra eu até tive que fechar os olhos e respirar fundo para continuar. Que bom que eu resolvi ler quando estava sozinha em casa. Como eu poderia explicar que o choro era por causa de uma história? Ninguém iria entender.

E depois vem a vontade de aproveitar tudo ao máximo, e desejar que uma situação dessas nunca aconteça com você.

Se você é fã de "Sherlock", não deixe de ler. Clique aqui para acessar a fanfiction (em inglês).

Postagens mais visitadas