"Continua no próximo volume..."


Meme Literário de um Mês - nono dia

O que você acha dessa "moda" de livros que acabam virando séries?

Desculpem, mas eu tenho que esclarecer algo, por mais óbvio que seja a situação: que tipo de séries? Séries de televisão? Se for, eu acho sensacional! Na verdade, curto qualquer tipo de adaptação - quando bem feita, claro. Como disse no segundo dia, muitos seriados expandiram ainda mais meu conhecimento literário e me levaram a ler/colocar nos desejados uma montanha de livros que eu nunca teria conhecido de outra maneira.

Mas imagino que a pergunta se refira àqueles livros únicos que, devido ao sucesso (tem outro motivo?), ganham uma ou mais continuações. Até escrevi sobre isso há algum tempo; eu acho um porre. Por que aí eu vou ter que ler, ainda que uma continuação não me interesse em nada. É quase um TOC, não curto deixar histórias pela metade. Só abandono de vez quando os volumes seguintes são entediantes demais, o que não é raro. Aí fica aquela pequena culpa matutando na mente, me irritando com "por que você perdeu tempo com isso? Poderia ter lido tantas coisas mais legais!".

Claro que tem vezes que eu fico feliz quando um livro muito bom vem com a notícia de segundo livro - foi o que me aconteceu com @mor - mas, no geral, eu fico bem irritada. Ainda mais quando o volume único se torna trilogia!! Quero que trilogias sejam proibidas pelos próximos dez anos para termos um equilíbrio.


Se bem que a situação muda quando um autor escreve algum tipo de spin-off de uma obra iniciada por outro, no maior estilo fanfiction. Isso vive acontecendo com Sherlock Holmes e os livros de Austen, por exemplo, e eu acho bem legal. Não acho que estrague o original, como muitos fãs argumentam - até porque, se a novidade não for agradável, ou não existir a vontade de ler, dá para ignorar numa boa.

Só que o bom senso é necessário, não é? Eu não sou fã dessa mania de incluir cenas com a mania literária do momento nas obras originais. Tipo, se quiser colocar um tempero sexy nos clássicos não seria melhor criar uma história à parte? Que aconteça antes, depois ou até durante os acontecimentos criados pelo autor? Para quê editar o que foi escrito por outro para encaixar aquilo que você quer? Eu imagino que deve dar até mais trabalho. Pelo menos nessa situação também dá para fechar os olhos.

Enfim, é isso: quando a história já é planejada para ser uma saga eu apoio. Oras, nem todas conseguem ser contadas em apenas um volume. Mas quando ela é esticada para arrecadar mais dinheiro me dá muita raiva. Escreve outra coisa! Inventa outro enredo, outros personagens, novas aventuras. É só deixar uma indicação na publicidade, "foi escrito pelo autor do livro tal" e todos ficam felizes.



Mais sobre o meme bem aqui.

Postagens mais visitadas