Para que tantas voltas?

Meme Literário de Um Mês - trigésimo dia

Qual foi o livro que menos gostou esse ano?

Pois é, a pior leitura do ano até agora foi uma que eu já até comentei por aqui - "A outra volta do parafuso".  Já fazia algum tempo que eu tinha vontade de lê-lo, simplesmente por causa da sinopse intrigante e ter em casa aquela edição linda da Clássicos Abril Coleções. Mas, credo, que livro enjoado. A proposta da história é ótima, curti muito a imparcialidade como foi contada, mesmo tendo sido usada a primeira pessoa. Não dá para saber se as suspeitas da governantas eram válidas ou se tudo não passava das fantasias de uma mente fechada e solitária.

Só que a narrativa se prendeu demais em detalhes estúpidos, com uma linguagem desnecessariamente complicada e esticou a duração até não poder mais. Vi em outras resenhas algo que eu não posso deixar de concordar: tudo o que era necessário para a história encaixaria certinho num conto de 50 páginas. Na metade, a história simplesmente não se desenvolvia, era só as divagações entediantes e repetitivas da governanta. Não sei como consegui terminar. Nem vou falar daquele final deplorável.

Apesar de não ter curtido o livro, chequei um monte de outras coisas que a obra do James inspirou. A começar por "A menina que não sabia ler", que é quase uma adaptação mais moderna de "Outra volta..." mas pelo ponto de vista de uma das crianças, nos Estados Unidos. Eu gostei muito mais desse, que é bem empolgante e não deixa de lado o ponto alto da original - tudo o que a protagonista fez foi necessário? Ou será que ela foi dominada por devaneios loucos que acabaram condenando inocentes?

Também há aquele filme, "Os Outros", com a Nicole Kidman. Na verdade, só tem de elementos da história original as duas crianças vivendo presas numa mansão com uma mulher possivelmente desequilibrada. Não vou falar mais sobre ele simplesmente por não ter palavras dignas para descrevê-lo, gostei demais. E que final, minha gente, que final!!

É a primeira vez que isso acontece comigo, todas as adaptações sendo melhores do que o original...

Fonte do meme literário.

Postagens mais visitadas