Da angústia daquilo-que-poderia-ter-sido (ou porque eu me emocionei tanto com uma fanfic)



Depois da 3ª temporada de Sherlock, eu estou meio que numa corrida para ler todas as fanfictions consideradas "clássicas" pelo fandom. Enquanto isso, a leitura dos livros originais é cada vez mais adiada. Sendo daquelas fãs que gostam de sofrer, não estava muito interessada nessa, que é basicamente uma comédia romântica. Mas depois que eu soube que iria ser adaptada para uma websérie, vi que precisava ver qual era a dessa história.

A Finger Slip se passa em um universo alternativo, em que John Watson, ao digitar o número errado, envia sem querer uma mensagem de texto para um desconhecido, um cara chamado Sherlock Holmes. Entediados, eles continuam a conversar só de brincadeira, mas acabam desenvolvendo um relacionamento importante e complicado via SMS. Tem toda a questão do não-quero-te-conhecer-pois-estragará-minha-fantasia, você-não-é-a-mesma-pessoa-que-vive-no-meu-celular, esses dilemas da nossa era. De certa forma, é praticamente a mesma proposta vista em @mor, só que com personagens que significam imensamente mais para mim do que Leo e Emmi.

Pelo jeito, o que mais me emociona nesse tipo de história é a ideia do que eles deixam de viver por medo das coisas não serem como eles acham que deveriam. Ao longo da fic, os dois personagens perdem inúmeras oportunidades de se encontrarem (especialmente devido ao Sherlock, que não sabe lidar com um coração partido) e, no final de tudo, só sobra um ar deprimente e frustrante que me dá uma certa agonia. Talvez seja por eu ser uma pessoa bem covarde e com uma considerável cota de experiência de arrependimento por não ter feito isso ou aquilo. O pior é que, mesmo já tendo aprendido tanto com ficções como com a vida real que não vale à pena se poupar por puro medo das coisas não irem como planejado, eu continuo fazendo isso…

Ah, e eu não estava esperando por aquele epílogo - não só me deixou me sentindo muito mal pelo John, como também abriu uma brecha muito legal para seguir esse universo direto em A Study in Pink. Exijo continuação. Mas, já que eu não posso forçar a autora a tal trabalho, decidi disponibilizar a fanfiction para ainda mais pessoas - irei traduzi-la para português brasileiro. Não me contive ao ver que existe versões coreanas, japonesas e polonesas da história mas ninguém se importou em trazer para a minha língua, então eu mesma vou tomar a frente. Preciso aprender também a tomar a iniciativa de vez em quando.

Ainda mais com essa história de adaptação - quantas vezes isso já aconteceu? Ah, antes que falem, 50 Tons de Cinza não conta, foi fanfic e tal mas a adaptação dessa vai ser feita por dinheiro - a de A Finger Slip será por amor! Estou muito ansiosa desde já, mesmo que o grupo ainda esteja na pré-pré-produção, nem ator para John Watson eles tem ainda! Achei mais uma coisa para esperar e ansiar - os fãs de Sherlock Holmes realmente nasceram para esperar...



Postagens mais visitadas